Carta aberta à malta dos carros a diesel fumarentos

Caros condutores de carros a Diesel reprogramados/modificados,

Sei que gostam muito do vosso carro a diesel e sei que gostam muito de provar à malta elitista dos carros Otto, que os Diesel também conseguem andar bem. Também consigo compreender que gostem de colocar mais cavalos no vosso carro e ter acelerações ainda mais possantes. Mas por amor de Deus, se vão mexer no vosso carro não o deixem a levantar uma nuvem negra de fumo como se fosse um choco em fuga.

Sei que na vossa cabeça fumo preto = andar bué. Fumo preto é ter um carro do "aço" e toda a gente sabe que um carro do aço é sempre um grande carro mesmo que seja só na vossa cabeça e dos vossos amigos. Mas não é! Um carro que deita fumo para andar um bocadinho mais depressa não é fixe. Um carro que deita fumo não é um carro saudável e depressa vai ter de ir à oficina para ser reparado.

Imaginem que estão parados numa grande fila de trânsito em Lisboa e que por acaso todos os carros à vossa volta eram TDI's e CDTI's do "aço" e que ao acelerar largavam uma enorme nuvem de fumo. Provavelmente não iam ver nada à vossa frente e provavelmente iam todos morrer intoxicados ou morrer com um acidente por não conseguirem ver a estrada.



Até já ouvi dizer que existe malta a tirar os catalisadores do carro e os filtros de partículas para o carro produzir mais fumo. Sim, pode existir algum ganho na resposta do motor com essas modificações, mas não esperem que o vosso Ibiza TDI de 90cv chegue aos 200km/h e faça os 0-100km/h em 9 segundos. Modificar os carros para deitar fumo e ficar-se por aí não faz o vosso carro andar mais depressa, tal como um grande sistema de som de 5000W não faz o vosso carro andar mais depressa. 

E mesmo aqueles que dizem que é impossível modificar um carro a diesel para ter mais potência sem deitar fumo, apresento-vos este carro fantástico. O Audi R18 TDI que corre em Le Mans. Vocês vêem alguma nuvem de fumo a sair deste monstro com mais de 500 cv de potência?


Mas provavelmente isto nem sequer é culpa vossa. Provavelmente vocês estavam para nascer na época das locomotivas a vapor que quanto mais fumo lançavam para o ar mais depressa andavam, mas por algum acidente divino foram parar aos dias de hoje. A sério malta! Deixem lá de ser azeiteiros e metam os vossos carros a andar normalmente. Existe tanto engenheiro e tanto euro investido para tornar os diesel mais amigos do ambiente e depois vêem vocês e fazem esta cagada toda? As pessoas normais têm mesmo de levar com o vosso fumo? Não têm um pingo de consideração pelas outras pessoas?

Espero que realmente isto mude, porque se fosse eu a mandar neste país, sempre que visse um carro a deitar fumo daquela maneira era carro apreendido e inspecção B em cima e só passava na inspecção quando os níveis de emissões estivessem regularizados.

Update

Vendo pelos comentários, parece-me que vieram parar aqui alguns Azeiteiros Virgens Extra (ou será mais extra virgens?) a defender esta grande moda que é automóveis a deitar fumo como se fossem comboios a vapor.

Existem alguns particularmente interessantes que falam mal do meu exemplo. Primeiro porque o carro tem montes de cilindros e isso influência o fumo, outros porque o carro tem montes de filtros de partículas (deve ter um para cada cilindro para não ter fumo nenhum) e outros ainda que devido às reprogramações e mexidelas bem feitas custarem muito dinheiro, mais vale ter o carro a andar com fumo.

O Audi R18 e-Tron tem um motor V6 TDI.
Mas querem carros com poucos cilindros com muito aço e que não deitam fumo? Seat Leon 2.0 TDI do WTCC. Sim aquele que o nosso grande Tiago Monteiro conduziu. Tem 280 cv de potência espremidos de um motor que originalmente só tinha 170 cv. E sim era um 4 cilindros. Mas ok, compreendo que isto seja tudo muito profissional. Então que tal o BMW que Jeremy Clarkson, James May, Richard Hammond e o Stig usaram nas 24 horas de Silverstone? Foi tudo feito com poucos recursos e no entanto nada de fumo.

Isto só para ver que quem sabe, sabe. E não é qualquer um que mexe num carro e faça uma reprogramação. Existem boas e más reprogramações e todos os carros a que foram reprogramados e deitam fumo, FORAM MAL REPROGRAMADOS.

O essencial a reter é que a culpa não é do carro, nem do motor do carro, mas sim de quem mexe nele. Se o vosso amigo mecânico do aço mete o vosso carro a deitar fumo como se fosse uma locomotiva é porque não é grande amigo vosso. Fazer este tipo de coisas faz com que a vida útil do motor decresça grandemente. Eu gosto de carros e gosto muito do meu carro, mas quem faz este tipo de coisas para além de não ter consideração pelas outras pessoas também não respeita o veículo que tem.


4 comentários

Mensagens populares