5 carros que se tornaram irresistíveis por causa da desvalorização

Ah! O nosso amigo "desvalorização", é o mal de quem compra carro, mas é também o mais amado para quem compra carro em segunda mão. É certo que existem carros que sofrem desvalorizações mais fortes que outros, mas este artigo é sobre 5 carros que nunca foram amados pelos fãs ou pela crítica, mas que com ajuda do nosso amigo desvalorização, tornaram-se irresistíveis. Vamos lá então?

1. Honda CR-Z


Lançado em 2010 o Honda CR-Z era supostamente o carro que a Honda estava a precisar para conquistar de volta os fãs da Honda. Mas infelizmente a Honda deu aos fãs um carro híbrido e eles não ficaram lá muito contentes. O carro também não foi muito bem recebido pela imprensa. Sim o carro era bom, e tinha um comportamento desportivo ao nível de um Mini, mas a potência, ou a falta dela, e os consumos não espantaram os jornalistas. Para além disso é um carro esquisito. Apesar de ter bancos atrás, este carro só pode ser visto como um 2 lugares. Tudo isto aliado a um preço de 26.000€ ou mais, fizeram com que o carro tivesse vendas muito abaixo do que se esperava. Mas eis que entra a desvalorização para salvar o dia! O Honda CR-Z é um carro que pode ser agora comprado por cerca de 13.000€, e eu já vi CR-Z's com garantia a menos de 13.000€. Tendo em conta o equipamento que normalmente é o Sport ou o Sport com Tecto Panorâmico e tendo em conta todos os extras deste carro (Sensores de estacionamento, sensores de chuva e luz, bluetooth, jantes de 17, tecto panorâmico, etc) isto pode ser o negócio da década. O CR-Z sofreu uma desvalorização em 3 ou 4 anos (já apanhei modelos de 2012 a estes preços) de mais de 50%! De repente os 125cv que o pequeno Honda desenvolve e que conseguem cumprir os 0-100km/h na casa dos 9 segundos já soam muito melhor, não? Pensa assim. Estás a comprar um carro desportivo, com todos os extras e mais um e com um sistema híbrido que tem mais a ver com um KERS da F1 do que um Prius. E tudo a um preço de um Toyota Aygo novo! E o mais interessante é que quando acabarem de acelerar podem colocar o carro em modo económico e fazer consumos na casa dos 5 litros sem problema. Um Honda CR-Z por 13.000€? Contém comigo!

2 - Jaguar X-Type


É um Ford Mondeo. Se por acaso um dia mostrarem interesse em saber mais sobre o Jaguar X-Type, a frase "É um Ford Mondeo" é o que mais vão ler por essas internets fora. Os fãs da marca não gostaram, por ser um carro praticamente 100% baseado no... Ford Mondeo. A crítica também não achou nada de especial, ficando atrás dos rivais alemães. Mas eis que entra a desvalorização para salvar o X-Type. Apesar de ser baseado no Ford... Mondeooo, acreditem que não existe nenhum Ford Mon...deo, com o nível de equipamento, motores e requinte que o X-Type. Este carro é um luxo, este carro é para quem quer realmente dar nas vistas. Para além disso é possível comprar um X-Type de 2006 topo de gama (motor 3.0 litros V6 a gasolina com tracção integral, com GPS, Bluetooth e sensores de estacionamento/luzes/chuva, bancos aquecidos, ar condicionado automático, etc, etc, etc...), por apenas 11.000€. E eu estou a falar de um X-Type com garantia e pouco mais de 100.000 km. Se forem para outros motores, podem até encontrar carros a 7.000€ ou menos. E depois podem dizer: "Ah e tal mas as manutenções disso devem ser uma fortuna" Psst, hei! Não contes a ninguém. Mas este Jaguar tem as mesmas manutenções ao mesmo preço de um Ford Mondeo, sabem porquê? Porque é um Ford Mondeo! 

3 - Volvo S80


Quando a Volvo lançou o S80 o mundo ficou impressionado. Afinal de contas estamos a falar de uma mudança radical de design que a marca decidiu lançar com a introdução deste modelo. E estamos a falar de um carro executivo que tinha as miras apontadas ao Série 5. Infelizmente, não foi um sucesso. Apesar de ser bonito e de ter um leque de motores e equipamento bastante impressionantes, o S80 não tinha hipótese contra os executivos alemães da Audi, BMW e Mercedes-Benz. Mesmo o topo de gama, Volvo S80 T6, com motor V6 de 270 cv, não impressionou ninguém e revelou-se um carro bastante rijo, pesado e com um desempenho não muito melhor que o Volvo S80 T5 com 225cv. A adicionar todos estes aspectos, também vieram outros sobre a fiabilidade, os modelos com caixa automático eram realmente uma dor de cabeça para os seus donos. Mas depois chegou a desvalorização e de repente o preço baixo fez-me esquecer todos os problemas deste carro. Ter um Volvo S80 é tão barato que o difícil é arranjar desculpas para não ter um. Por exemplo, é possível arranjar Volvos S80 T5 de 225cv que fazem dos 0-100km/h em 7,5 segundos por cerca de 3000€. Existem computadores mais caros que este carro! E depois estamos a falar de um carro que na sua época tinha bastante tecnologia e conforto disponível. E vai uma dica. Se virem um automático, fujam dele, mas se virem um com caixa manual, comprem, são carros com uma fiabilidade bem aceitável e não é muito difícil ver carros destes com 300.000km a andar em perfeitas condições.

4 - Lexus 450h


Continuamos na arena dos carros executivos mal amados pela imprensa e não aceites pelo público em geral e este carro da Lexus é um verdadeiro canhão. Estamos a falar aqui de um carro que deve custar mais do que duas pipas de massa em novo, com 345cv de potência, híbrido e com uma aceleração dos 0-100km/h em 5,9 segundos! É o carro mais rápido desta lista e também o mais luxuoso. Em termos de economia, consegue fazer consumos mistos de 7,8 L/100km, tem todos os extras que possam imaginar e é tão fiável como um Prius. Embora isto seja tudo coisas boas, na verdade o carro falhou em conquistar o público e os jornalistas diziam raios e coriscos da caixa automática CVT e da alienação completa do condutor com a estrada. É um carro para ir do ponto A ao ponto B o mais confortável possível e o mais rápido possível, mas não é definitivamente o carro mais interessante para quem gosta de conduzir. De qualquer das formas este Lexus consegue colar uma pessoa ao banco e pelo menos em linha reta deve ser engraçado vê-lo a destruir completamente o ego dos donos dos Ibizas TDI da praxe. Ser vencido num arranque pelo carro do avô é embaraçoso. 

5 - Hyundai Veloster


Lembram-se do CR-Z? Aquele carro que a Honda fez para conquistar os fãs e aquelas pessoas que queriam um carro desportivo, mas não queriam gastar rios de dinheiro? Pois bem, a Hyundai na altura, pensou que a Honda tinha descoberto um filão de ouro e então decidiu lançar o Hyundai Veloster para lhe fazer concorrência. E não há nada como copiar a concorrência para fazer boa concorrência. Mas a Hyundai não copiou tudo. Eles ouviram o que os fãs da Honda não gostaram em relação ao CR-Z e naquela altura a única coisa que os fãs diziam na internet era algo do género. "ONDE É QUE ESTÁ O B16? BLA BLA BLA, EU NÃO QUERO HÍBRIDO! BLA BLA BLA, QUERO MAIS POTÊNCIA E BLA BLA BLA A HONDA MORREU PARA MIM!"
E assim foi a Hyundai decidiu lançar o Veloster sem a parte híbrida e com mais potência o que certamente ia fazer com que o carro fosse infinitamente melhor que o CR-Z, certo? Certo?
Errado. Infelizmente nao existe nenhum aspecto em que o Veloster seja melhor que o Honda CR-Z e apesar do Veloster não ser híbrido conseguiu ser um carro mais pesado que o CR-Z e apesar de ter mais potência, não consegue ser mais rápido que o CR-Z. Mesmo não sendo o mais leve, nem o mais rápido, podia ser interessante de se conduzir, mas mesmo aí, a imprensa não ficou nada admirada e mais uma vez o Veloster ficou atrás do CR-Z que foi um carro que sempre teve um comportamento em estrada fenomenal. De qualquer das formas parece que a desvalorização também atacou este Hyundai e agora é possível compra-lo por cerca de 13.000€. Nada mau para um carro de 2011 com todas as modernices dos carros modernos. Pode não ser melhor que o CR-Z, mas pelo preço é bem mais interessante do que qualquer outro carro que queiram comprar em estado novo.

Se achas que existe outro modelo de automóvel que tenha desvalorizado bastante, não deixes de participar. Escreve nos comentários! Obrigado e até outro dia!

Enviar um comentário

Mensagens populares