Teste - Volkswagen Golf VII Alltrack 2.0 TDI

Bem pessoal, eu sei que este blog quer ser um vlog com menos escrita e mais vídeos, mas o meu encontro com este Volkswagen foi tão inesperado que a única coisa que tenho dele é esta imagem tirada com o telemóvel.


A história como eu fui parar atrás do volante deste carro por um par de horas é muito longa, mas tenho de agradecer à Revista Automotive, pois sem eles, e como o We Like Cars é muito pequeno, nunca ia ter a oportunidade de experimentar um Golf que custa cerca de 50.000€.

50.000€ por um Golf VII? Deve ter uma manete das mudanças em ouro, estofos em pele de crocodilo e diamantes incrustados no velocímetro... Na verdade, não tem nada disto, mas tem coisas muito mais interessantes que justificam o valor deste carro.



A primeira impressão em relação ao design é que é mais um Golf, mas olhando com um pouco mais de atenção vemos que o carro está mais alto, tem plásticos a fazer o contorno das cavas das rodas, o que no geral dá um ar mais musculado e off-roady... É um design consensual e com bom gosto.
O interior é onde realmente começamos a ver o porquê deste carro custar tanto. Logo pelo painel completamente digital que foi introduzido na Audi, mas que faz também uma aparição neste Golf. É sem dúvida, muito versátil, muito prático e consegue mostrar tudo o que possam imaginar, mas onde ele realmente brilha é quando se liga o GPS. Poder ver para onde temos de ir no painel de instrumentos é deveras a maior mais valia deste painel que custa mais 452 €. 

Continuando no interior que se senta no lugar do condutor vai ser graciado por bancos muito confortáveis e com um bom apoio lombar, para além disso se tiver a opção de Bancos "ErgoActive" (569 €) fica com um massajador de costas particular que é super relaxante, principalmente quando saímos do trabalho depois de um dia fatídico. Super! Para além disso os bancos também aquecem. 
Depois quando olhamos para a consola central, vamos deparar-nos com um belo ecrã do Infotainment com muita coisa gira para poder brincar. Tanta que se eu fosse descrever tudo, bem podia estar aqui o dia todo... Por isso é que fiz este código de configuração do carro para poderem ir ao site da VW e ver os extras que o carro tinha: V3UAO96H

Resumindo os extras eram tantos que eu bem podia ser dono deste carro durante 1 ano e mesmo assim, ainda não tinha descoberto tudo o que este carro tem para oferecer. Este Alltrack só não tira cafés... é um autêntico smartphone dos carros.



Mas o que realmente brilha neste carro é o conjunto Motor  2.0 TDI + Caixa DSG de 7 Velocidades + Controlo Adaptativo do Chassis (Extra no valor de 1000 €) + Tracção integral 4x4.

O motor tem 184 cv e 380 N.m. de binário das 1750 às 3250 r.p.m. e consegue fazer a corrida dos 0-100 km/h em 7,8 segundos. É um motor muito disponível que dependendo do modo de condução que temos pode chegar a velocidades estonteantes muito rápido. O modo Sport, usando as patilhas no volante e o sistema 4x4 faz com que um carro que pesa 1500 kg pareça muito mais leve do que realmente é. É realmente um carro que se transforma tendo em conta o modo de condução. Colocar este carro em sport e o carro endurece a suspensão, dá mais peso ao volante e a resposta do acelerador e das passagens de caixa fica em modo mega sensível. Mesmo em situação de curvas e contra curvas apertadas a suspensão não adorna nada, mantendo o carro sempre com uma boa postura em estrada. O facto de ser 4x4 também faz com que seja um carro extremamente rápido em curva e seguro. Fazer curvas a alta velocidade acaba por ser lógico que se consiga fazer, face aos pneus com muito grip que calçam nas jantes de 18 polegadas, ao sistema 4x4 e às ajudas todas de controlo de tracção. É fenomenal. Mas depois de fazer uma curva em auto-estrada a velocidades dignas de apreensão da carta de condução, nada como relaxar um pouco no modo confort. A suspensão fica mais mole e tanto o motor e a caixa ficam a operar de uma forma muito mais suave. Tudo volta à normalidade. Accionando o modo ECO também faz com que o carro seja muito confortável e mais suave na aceleração e passagens de caixa. 
Existe também o modo Alltrack onde o carro assume uma postura mais off-road, aqui confesso que não deu para testar muito este aspecto, no entanto o carro revelou-se ser muito competente em percurso de terra batida com muitos buracos, curvas e descidas bastante inclinadas, onde o hill assist foi uma mais valia. 

Eu sempre fui apologista que devemos comprar um carro que seja estelar em algumas características que precisamos. Por exemplo: um carro para o dia à dia deve ser espaçoso, económico e fiável. Um carro desportivo deve ter uma dinâmica de condução boa, deve ser leve e deve ser divertido de conduzir. Tentar comprar um carro que seja Económico, espaçoso, desportivo, off-road, fiável, com muita tecnologia etc. eu pensava que era impossível até me cruzar com este Golf. Não, isto não é tão bom como conduzir um puro desportivo, como o Mazda MX-5, ou o Toyota GT86. Não, isto não é tão económico como um Toyota Prius, ou como um Nissan Pulsar. E não é tão espaçoso como um VW Sharan nem tão bom no Off-Road como um Mitsubishi Pajero. Mas é um carro que consegue ser muito competente em todas as áreas, fazendo com que seja um verdadeiro camaleão, um carro que se transforma naquilo que queremos no momento ou naquilo que precisamos. Queremos um desportivo? Carrega no modo Sport e usa as patilhas no volante para passagens de caixa rápidas e precisas. Queres um carro confortável para uma viagem longa? Modo confort, e liga o modo massagem no banco. Economia do combustível? Modo Eco. Queres ir por um caminho um pouco mais Off-Road? O Golf Alltrack não se vai negar para a maioria das situações. Queres levar a família toda de férias? Tens infotainment que nunca mais acaba e tens espaço para 5 pessoas e muita bagagem... No fundo não estás a comprar 1 carro, estás a comprar 5 carros num só. 

E vale a pena dar mais de 50.000 € por um Golf 7 4x4 a diesel e com caixa automática? Eu acho que só quando se experimenta um carro destes é que se pode responder a esta pergunta. Este VW em termos de extras, acabamentos e tecnologia roça e até, pode dizer-se que se sobrepõe a muitos carros da Audi e isso é qualquer coisa... Mas o que vai mesmo fazer-vos pensar se vale ou não a pena tanto dinheiro por um Golf é o facto que o Alltrack consegue ser vários carros ao mesmo tempo e cada personalidade automobilística que o Golf Alltrack adopte é mesmo muito boa e muito competente. O Golf VII Alltrack é o verdadeiro canivete suíço do mundo dos automóveis.



Enviar um comentário

Mensagens populares